Situações "padrão"

26-02-2019

QUAIS OS PADRÕES QUE SE REPETEM NA TUA VIDA?

Por vezes parece que estás triste e outras alegre. Por vezes parece que a vida se repete em determinadas circunstâncias e outras parece que não sai daquela "mesmice". Cada padrão que se repete na tua vida, é ela mesma a dizer que te falta retirar uma aprendizagem da situação que se repete. Como fazer? Vai lá dentro de ti e procura. O que é que te leva a fazer as mesmas coisas e a teres sempre o mesmo procedimento? Já reparaste que se fizeres sempre o mesmo, terás sempre os mesmos resultados?

Espera, já sei. Tu és daquelas pessoas que dizem... eu não mudo! Eu sou mesmo assim e ponto! Então prepara-te para rigidez nas articulações, algumas tristezas e muitos desafios no teu dia a dia. Talvez os teus intestinos não estejam de bom humor contigo, e os teus rins comecem a refilar. Sabes porquê? Porque as pessoas não mudam por medo. Quando tomares a decisão de enfrentar os teus medos, tudo muda. Tu e o teu corpo. Nada neste universo é estático e tu também não! Queres uma boa notícia? Podes escolher mudar a qualquer instante sabes porquê? Porque tu és livre, tu não és nenhuma árvore e vieste a este planeta experienciar imensas coisas, principalmente aquelas que a vida te coloca à frente! Tudo o que nos acontece na vida tem um propósito. Podemos não saber ainda qual é, mas podes acreditar que tem! Enquanto não aprenderes a lição, o paciente universo vai trazendo repetidamente a mesma situação para te dar a oportunidade de tirares a tua aprendizagem. Mas não demores. A cada dia passam 24 horas do teu tempo, e embora tenhas a eternidade toda, também deves escolher ir passando de "classe", com o risco de ficares preso na mesma "escola", coisa que tu não queres! Aproveita os ventos de mudança que acontecem a todo o momento na tua vida!

Estamos neste plano para evoluir e não para estagnar. A não mudança é uma escolha, que te leva a um fim precoce e ainda em tenra idade! A mudança é uma tomada de consciência e decisão que te rejuvenesce mesmo que estejas muito para lá da idade, que tu classifiques que já é tarde. Nunca é tarde para ser FELIZ!

Até já!

A. Cristina Martins